09 maio 2015

Resenha | A Última Música

| |



   Olá pessoaaaaaas! Faz um bom tempo que não tem resenha aqui no blog, mas hoje trago uma de um livro que há muito tempo estava na minha lista. 


Título:
A Última Música
Original: The Last Song
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Páginas: 336
Avaliação: (5/5)

   Em A Última Música, Nicholas Sparks trás a história de Ronnie, uma jovem de 17 anos que sofrem com a separação dos pais. O que mais gostei não foi apenas o amor entre Ronnie e Will, mas a relação de pai e filha. 
    Ronnie é uma garota revoltada.Se recusa a falar com o pai e jura que jamais tocará piano novamente. Também não se relaciona bem com sua mãe. É rebelde, foi acusada de roubo, vive em festas. Com tudo isso, sua mãe decide que ela e seu irmão Jonah irão passar o verão com seu pai em uma cidade pequena, totalmente diferente de Nova York. Um lugar onde sua diversão seria pescar, brincar na lama e cuidar de um ninho de tartarugas. E é vivendo essa realidade que ela conhece Will e sua vida muda completamente em pouco tempo.
   Logo no início das férias foi injustamente acusada de roubo, mas acima de tudo, não quer deixar de lado o ressentimento que sente pelo pai ter abandonado a família. Aos poucos, ela se vê apaixonada por Will e muito mais próxima de Jonah. 
   A história é comovente, e nos mostra que sempre há motivos para perdoar. Ela e o pai compõe juntos uma música, a qual dá o nome ao livro. 
   Ao ler A Última Música me emocionei muito. Alguns podem dizer que é apenas mais um romancezinho do Nicholas Sparks. Realmente, suas histórias são muitas vezes repetitivas. Mas cada uma tem seu valor e nos trás uma mensagem diferente da outra. 
   Varia muito das preferências de cada um, mas de modo geral, recomendo a todos que gostam de um bom romance que possa render lágrimas tanto de alegria quanto de tristeza.

A vida é um piano. Teclas brancas representam a felicidade e as pretas a angústia. Com o passar do tempo você percebe que as teclas pretas também fazem música.
    

6 comentários:

  1. Oi Yuna, tudo bem? Eu já vi o filme e sou apaixonada por ele! <3 Já tive vontade de ler o livro e quando vi essa quote então.. Perfeita! Acho que vou dar uma chance a ele. Bjs
    folheandominhavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem? Eu amei o seu blog, vc escreve super bem, agr sempre irei acompanhar os seus posts rs... Também tenho um blog ele tá bem novinho dps visite-o http://garotaexemplar2015.blogspot.com/ http://garotaexemplar2015.blogspot.com/ e caso você goste siga! Bjsss e sucessoooos!

    ResponderExcluir
  3. Não sei se tem a ver, mas a história do livro é a mesma do filme que a Miley Cyrus fez e que sempre passa na Sessão da Tarde?
    Assisti ele esses dias e a história tem tudo a ver!
    Será?

    Eu, Tu, Nós | http://eutunos2.blogspot.com.br
    Bjoos!

    ResponderExcluir
  4. Não sei porque mas detesto Nicholas Spark, talvez seja sua maneira de escrever livros com uma fórmula já pronta, as mesma histórias com personagens diferentes, gostei da última música mas abandonei Querido John... a mesma história problemática de smpre!
    Sigo teu blog e te indiquei em uma TAG lá no meu blog, dá uma olhada:
    http://prisma-literario.blogspot.com.br/2015/05/tag-liebster-award.html
    desde já agradeço s2 bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nathalia! Entendo você, eu só li dois livros do Nicholas, e as histórias são bem monótonas mesmo. Pra ler vários livros dele tem que ser muuuito paciente. Eu já respondi essa tag há um tempo atrás. :\
      Beijoss!

      Excluir

seublogaqui.com.br | CRÉDITOS Tema personalizado por Mundo de Fany Tema Base por Butlariz